Análise Estruturada #5

O que fizemos até o momento:

5 novas séries de CRI, totalizando R$ 244,7 milhões em novembro;
Emissões de CRI – acumulado anual: R$ 2,989 bilhões;
Emissões de CRA – acumulado anual: R$ 1,480 bilhões;

Securitização: Mercado em perspectiva positiva.  

Os dados sobre vacinas eficazes contra o coronavírus, somado ao aumento do apetite ao risco, por parte dos investidores, e a possibilidade de financiar projetos com menor custo por parte dos tomadores, contribuíram para destravar as operações de securitização neste último trimestre de 2020, embalados pela manutenção da taxa Selic em 2% a.a. – mais uma vez confirmada pelo Copom na última quarta-feira (09/12).

Os números da True mostram a força do mercado de securitização. Mesmo com o impacto negativo gerado pela crise da pandemia de COVID-19, que solapou o mercado financeiro neste ano, encerraremos 2020 com volume de operações em patamares pré-crise do coronavírus.

Encerraremos este ano também atingindo a marca de R$ 30 bilhões em emissões de operações de CRI e CRA realizadas desde a fundação da True Securitizadora em 2013. Nosso profundo sentimento de gratidão a você, investidor e parceiro que acompanha e confia em nosso trabalho.

Demanda por diversificação movimenta mercado

Do lado dos investidores há consciência de que a diversificação de investimentos para novos mercados e instrumentos se tornou mandatória para trazer maior rentabilidade total para as carteiras, dado o atual cenário de juros baixos.

Até mesmo investidores institucionais com perfil mais conservador, como fundos de pensão, estão pressionados pelo desafio crescente de atingir seus benchmarks. Nesse sentido, eles têm buscado informações e olhado com maior atenção para as opções de títulos de dívida de crédito privado e investimentos no exterior, por exemplo.

Essa combinação de fatores tem gerado uma dinâmica positiva para o mercado de capitais, em especial para novos produtos e com foco no médio e longo prazo.

Acreditamos que esse movimento deve ganhar ainda mais força em 2021, que promete ser um grande ano para as operações de securitização. Grande parte do potencial de novas operações que foi reprimido pela pandemia de COVID-19 deverá ser canalizado para os próximos 12 meses.

Despeço-me desta última edição do ano do Análise Estruturada desejando a você nossos votos de Boas Festas!

Seguiremos juntos em 2021!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *